Edital Do Concurso Do TJ é Esperado Pro Encerramento Do

20 Mar 2019 00:55
Tags

Back to list of posts

panfleto+31082011.jpg

<h1>Como nosso site Influencers Est&atilde;o Mudando A Internet</h1>

Refer&ecirc;ncia utilizada: http://modasite82.jigsy.com/entries/general/Reconhecimento-Do-MEC-Para-Cursos-Online-%C3%A9-De-fato-Necess%C3%A1rio

<p>S&atilde;o Paulo - No Brasil desde novembro de 2011, o LinkedIn teve uma expans&atilde;o quase viral, &eacute; o que diz Milton Beck, diretor geral da organiza&ccedil;&atilde;o para a Am&eacute;rica Latina. A rede social profissional que come&ccedil;ou no pa&iacute;s com s&oacute; seis milh&otilde;es de usu&aacute;rios se expandiu para trinta e quatro milh&otilde;es. http://www.accountingweb.co.uk/search/site/negocios Os primeiro usu&aacute;rios eram pessoas muito envolvidas em tecnologia e profissionais com m&eacute;dia ger&ecirc;ncia. Hoje a rede cobre todo tipo de profissional, desde os adolescentes saindo de escolas t&eacute;cnicas e universidades at&eacute; CEOs e presidentes de conselhos”, fala o diretor. Funcion&aacute;rio mais velho da m&iacute;dia social no Brasil, Milton Beck deu entrevista exclusiva para Diagn&oacute;stico para pronunciar-se sobre o novo passo da plataforma no estado: o LinkedIn Learning.</p>

<p>A ferramenta imediatamente est&aacute; acess&iacute;vel em cinco idiomas, tem mais de quinze 1 mil cursos globais e j&aacute; passa a dar bem como forma&ccedil;&otilde;es online pros usu&aacute;rios brasileiros que quiserem atualizar habilidades e entusiasmar suas carreiras. Em primeiro momento, ser&atilde;o 82 cursos em portugu&ecirc;s. Em um ano, eles esperam disponibilizar 200. Clique neste site e leia mais sobre o assunto focos e habilidades s&atilde;o variados, por&eacute;m ao concluir um curso, teu certificado ficar&aacute; no teu perfil.</p>

<p>Com o recurso, quem concluir um curso conseguir&aacute; falar sobre este tema a vit&oacute;ria no seu feed de not&iacute;cias, fazer recomenda&ccedil;&otilde;es e certificar as aulas que est&atilde;o em alta entre profissionais da tua &aacute;rea. H&aacute; cursos, a t&iacute;tulo de exemplo, para quem quer compreender o Excel ou PowerPoint. Todavia, os focos comportamentais dominam: Sessenta e seis dos oitenta e dois cursos s&atilde;o focados nas chamadas soft skills. Os usu&aacute;rios poder&atilde;o entender e certificar que possuem um treinamento em t&oacute;picos lideran&ccedil;a, resili&ecirc;ncia, mentoria, foco, entre novas.</p>

<p>Segundo Beck, as empresas come&ccedil;aram a perceber a relev&acirc;ncia de fazer seus funcion&aacute;rios pra que trabalhem bem em conjunto e pra um objetivo comum. “Nessa data de tecnologia, o profissional faz a diferen&ccedil;a e necessita prosseguir se montando pra n&atilde;o continuar ultrapassado”, diz ele. A fabrica&ccedil;&atilde;o de assunto dentro do LinkedIn neste instante tem crescido com a presen&ccedil;a de influenciadores de carreira e uma m&eacute;dia de doze mil posts escritos por semana. Deste modo, os cursos bem como contar&atilde;o com o entendimento de algumas dessas personalidades de destaque da rede. A especialista Flavia Gamonar, a t&iacute;tulo de exemplo, dar&aacute; aulas de como aproveitar ao m&aacute;ximo os recursos da rede. O m&eacute;todo do Learning funcionar&aacute; por meio de assinatura ou pela vers&atilde;o Premium.</p>

<p>Alguns conte&uacute;dos ser&atilde;o abertos pra todos. O curso de Flavia Gamonar &eacute; gratuito, por&eacute;m a maioria do conte&uacute;dos &eacute; paga. Exame: Desde que chegou ao Brasil, como o LinkedIn se transformou? De que jeito est&aacute; o avan&ccedil;o da rede no povo? http://netvidarealizada1.affiliatblogger.com/19017823/como-montar-um-recinto-perfeito-para-preparar-se : Come&ccedil;ou em novembro de 2011 e hoje sou o funcion&aacute;rio mais antigo. Entramos no Brasil com 6 milh&otilde;es de usu&aacute;rios. E come&ccedil;amos a explicar a seriedade de ter um perfil no LinkedIn, que aquilo n&atilde;o era um curr&iacute;culo. http://novidadesdescubragra.jigsy.com/entries/general/Fernando-Scarpa-Dedos-Virtuais-Em-Riste-O-Dia , diretores e CEOs tinham receio de colocar o perfil, que parecia que estavam procurando emprego. &Eacute; bem interessante ver de perto que isso mudou.</p>

<ul>
<li>3 dos descendentes de Pel&eacute; tentaram (ou tentam) o futebol</li>
<li>Sem ter de continuar mais de 4 horas na sala de aula</li>
<li>83 dezoito &quot;Romance No Telefone&quot;</li>
<li>232 Guilherme Marconi</li>
<li>Educa&ccedil;&atilde;o Financeira para Adolescentes - quinze horas (Clique neste local pra se inscrever)</li>
<li>tr&ecirc;s Ferramentas 3.Um Software de simula&ccedil;&atilde;o</li>
<li>Estude em casa</li>
</ul>

<p>Eu argumentava: se o Bill Gates tem um perfil, ele est&aacute; procurando emprego? E dessa forma a rede evoluiu de uma forma quase viral, com aceita&ccedil;&atilde;o massiva da plataforma. Desde 2012, temos crescido quase cem 1000 novos usu&aacute;rio toda semana. A come&ccedil;ar por desse modo, come&ccedil;amos a afirmar todos os proveitos que os profissionais poderiam ter ao utilizar o LinkedIn, de poder se afirmar mais, alavancar a carreira, ter conhecimentos extras, fazer teu networking e assim como buscar oportunidades.</p>

<p>O LinkedIn era uma coisa nova, as outras m&iacute;dias sociais eram voltadas para o entretenimento. Entramos no Brasil, de imediato operamos a Am&eacute;rica Latina inteira. Checape: E como mudou a rela&ccedil;&atilde;o do brasileiro com a plataforma? Milton Beck: No in&iacute;cio, os primeiro usu&aacute;rios eram pessoas muito envolvidas em tecnologia e profissionais com m&eacute;dia ger&ecirc;ncia.</p>

<p>Se segurar a pir&acirc;mide de cargos, est&aacute;vamos no meio. Expandimos pra base e pro topo, hoje a rede cobre todo tipo de profissional, desde os adolescentes saindo de escolas t&eacute;cnicas e universidades at&eacute; CEOs e presidentes de conselhos. Acho que a relev&acirc;ncia est&aacute; na mudan&ccedil;a do processo de buscar oportunidades, que estava relativo a enviar o curr&iacute;culo e torcer pra ser escolhido.</p>

<p>Isso evoluiu de moda que hoje tentam perceber melhor o http://bordersalertandready.com/?s=negocios&amp;search=Search as organiza&ccedil;&otilde;es procuram, conhecer melhor o mercado, ler o assunto do feed, fazer networking. Hoje sabemos que dois ter&ccedil;os das pessoas na plataforma n&atilde;o est&atilde;o procurando emprego, contudo que o perfil virou um cart&atilde;o de visitas, onde voc&ecirc; faz contatos e investe tempo na evolu&ccedil;&atilde;o da carreira.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License